Destaques

Gíria 100% brasiliense é relacionada a traços da arquitetura da capital, diz pesquisa da UnB

A língua portuguesa no Distrito Federal ganhou variantes tão distintas que levaram pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) a estudarem a formação de dialetos, sotaques e expressões que marcam a identidade da capital do país. Na semana do aniversário da filha de Lucio Costa, o G1 mostra a importância deste abecedário do “quadradinho”.

Ainda que termos como “véi” tenham ganhado fama por aqui, para a professora e linguista da UnB Flávia Maia, são as expressões vindas da arquitetura a grande distinção dos brasilienses. “Uma pessoa que mora em uma asa? Só pode ser de Brasília”, afirma a especialista.

“Qualquer conversa que estiver relacionadas a endereços, por exemplo, haverá uma fala bem característica do brasiliense. Quem mais vai dizer ‘moro na SQN’? Na primeira frase do diálogo isso já causaria um estranhamento para quem não é daqui”, continua. SQN é uma abreviação de Superquadra Norte, usada para os Correios.

Eixão de Brasília corta as 'Asas' sul e norte da cidade  (Foto: André Borges/Agência Brasília) Eixão de Brasília corta as 'Asas' sul e norte da cidade  (Foto: André Borges/Agência Brasília)

Eixão de Brasília corta as ‘Asas’ sul e norte da cidade (Foto: André Borges/Agência Brasília)

Um caso que mostra o estranhamento para quem é de fora ocorreu em 2010. Na ocasião, um morador precisou explicar a sigla a uma empresa telefônica, e recebeu uma cobrança endereçada para “Sapo Queijo Nada 214” porque a atendente não entendia que ele morava na quadra residencial da 214 Norte.

Segundo a professora Flávia Maia, o primeiro pensamento de alguém ao chegar em uma cidade é “ir ao centro para resolver as coisas e conhecer o ponto fundamental da cidade”, mas Brasília não tem centro. Flávia afirma que o fato de nenhuma rua ser nomeada em homenagem a pessoas ou personagens históricos é outra e talvez uma das mais marcantes diferenças.

Fonte: G1-DF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo participa da inauguração do Escritório Modelo e Sala de Negócios da UNAMA Ananindeua.

Comunicado oficial do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Pará (CAU/PA) sobre o concurso público da prefeitura de Castanhal

VEJA COMO VOTAR: ELEIÇÕES DO CAU 2023 ACONTECEM NO DIA 10 DE OUTUBRO

Pular para o conteúdo