Destaques

App de arquiteta para cidades mais seguras é vencedor de prêmio de mobilidade

O aplicativo de segurança Malalai, criado pela arquiteta e urbanista Priscila Gama, cuja função é tornar as cidades e as diversas formas de deslocamento mais seguras para mulheres, foi o grande homenageado do prêmio GOL Novos Tempo. A premiação celebra iniciativas que buscam democratizar a mobilidade.

 

O sistema do Malalai permite que usuárias compartilhem suas rotas com alguém em sua lista de contatos, para que possam acompanhar em tempo real seu deslocamento. É possível, também, notificar essa pessoa quando se chega ao destino ou enviar um alerta em caso de emergência.

 

Ilustração de Zé Otávio para matéria sobre o aplicativo na Revista GOL

 

O nome do aplicativo faz referência à Malala Yousafzai, ganhadora do Prêmio Nobel da Paz. A ideia veio quando Priscila Gomes acompanhou a campanha #MeuPrimeiroAssédio, do site Think Olga, em que mulheres compartilhavam relatos de episódios de violência. A arquiteta se espantou com o número de mulheres violentadas na rua à noite ou em transportes coletivos e compartilhados.

 

Decidida a alterar essa realidade, Priscila lançou o aplicativo Malalai em 2015, em parceria com o programador Henrique Mendes. Desde o lançamento do Malalai, o serviço já foi utilizado por mais de 30 mil pessoas. A arquiteta faz parte da equipe de fiscalização do CAU/MG.

 

O prêmio GOL Novos Tempos, realizado pela companhia aérea em parceria com a premiação Trip Transformadores, está em sua terceira edição. Os cinco vencedores do prêmio foram relatados na edição número 212 da Revista GOL, de novembro de 2019. As matérias foram redigidas por Camila Eiroa e ilustradas por Zé Otávio.

 

Dentre as demais iniciativas criativas de democratização da mobilidade homenageadas pelo prêmio, está o projeto Remada Ambiental, que já organizou 24 expedições com voluntários para retirar lixo do rio Negro, em Manaus; e o Eu Vô, aplicativo de transporte particular estruturado de acordo com as necessidades do público da terceira idade.

 

Sistema Malalai

 

Além da função de compartilhamento de rota, o app conta com a possibilidade de inserir informações sobre pontos positivos e negativos no mapa, como má iluminação, comércio aberto e em qual horário, presença de polícia e porteiros, dentre outros. Essas informações montam um mapa colaborativo que identifica as rotas mais seguras.

 

O mapa colaborativo fornece rotas consideradas mais seguras pelos demais usuários.

 

O sistema conta, ainda, com um anel digital denominado Acessório Malalai, um anel que se conecta ao celular com bluetooth e, ao ser pressionado, envia um SMS de alerta e a localização do usuário para contatos cadastrados no aplicativo.

 

O Malalai conta também com uma plataforma web, por onde é possível contribuir no mapa colaborativo e encomendar o Acessório Malalai.

 

Clique aqui e conheça mais sobre o aplicativo

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS

CAU/PA empossa os aprovados no Concurso Público 01/2023.

CAU/PA lança o Episódio 2 – Mestre Hélio Veríssimo do projeto Arquitetos do Pará

ELEIÇÕES CAU: Foi divulgado o extrato das chapas registradas no CAU/PA

Skip to content